As beatas de cigarro impedem o crescimento de plantas, diz estudo

Cientistas da Universidade de Anglia Ruskin (Cambridge, Reino Unido), realizaram uma experiência para avaliar a influência da presença de beatas de cigarro no crescimento de plantas. Foram colocadas beatas em vasos com sementes de trevo e azevém. Os vasos das experiências de controlo, continham pedaços de madeira de forma e tamanho idênticos aos das beatas.

Descobriu-se que a presença das beatas de cigarro provoca uma redução da germinação de 10% no azevém e de 27% no trevo, para além de também afetar o comprimento dos rebentos e a densidade das raízes nas duas plantas.  

As beatas de cigarro são feitas de acetato de celulose, um tipo de plástico. Segundo o estudo, será este material o principal responsável pelo não desenvolvimento das plantas.

Este estudo é esclarecedor e reforça uma ideia, o lugar das beatas não é na Natureza.

Deixe um comentário

Tenha em atenção que os comentários precisam de ser aprovados antes de serem exibidos